A sua primeira opção em esquadrias de PVC.

Tudo sobre PVC

Há quanto tempo existe fabricação de esquadrias no Brasil?

As primeiras empresas iniciaram a produção no país no início da década de 80. Atualmente há diversas empresas oferecendo o produto em todo o Brasil.

Quais as tipologias que podem ser produzidas com perfis de PVC?

Todas as previstas na norma brasileira NBR 10.821 – caixilho para edificações: janela, ou seja, basculante, projetante, de abrir e tombar, maxim-ar, de correr, pivotante de eixo horizontal ou vertical, guilhotina e combinações entre elas.

As esquadrias de PVC podem ser especificadas para quais tipos de projetos?

Edifícios residenciais e comerciais, casas, indústrias, hospitais, hotéis e escola.

As esquadrias de PVC são todas iguais, independente do fabricante?

Não. Todas atendem às mesmas normas de desempenho, porém, é claro, cada fabricante possui um ou mais sistemas diferentes.

Qual o preço das esquadrias de PVC?

Como qualquer produto arquitetônico, varia conforme o tipo, os acessórios utilizados, as dimensões e o design.

Qual a diferença entre o PVC empregado na fabricação de tubos e o utilizado na produção de perfis de portas e janelas?

Os compostos de PVC são formulados visando atender aos processos de transformação e requisitos de desempenho do produto final. O PVC empregado na fabricação dos perfis e caixilhos é especialmente aditivado para conferir resistência mecânica extra e proteção à radiação UV a longo prazo.

Quais os principais sistemas de fixação utilizados para esquadrias de PVC?

As esquadrias de PVC podem ser instaladas por meio de três sistemas: ancoragem direta na alvenaria com a utilização de grapas; fixação direta nos vãos acabados, com parafusos e buchas; e com contramarcos instalados por meio de grapas ou parafusos, anteriormente aos caixilhos.

Como é o sistema de fixação dos vidros?

A fixação é feita por baguetes que contêm gaxetas de borracha ou PVC flexível.

Como substituir vidros quebrados?

Fixados através de baguetes e gaxetas, os vidros podem ser facilmente substituídos, quando necessário, através de um processo simples. Basta retirar a baguete (encaixada sob pressão) e remover a chapa danificada. Depois, deve-se limpar as reentrâncias existentes no caixilho para a fixação da chapa de vidro, reposicionar os calços de envidraçamento, colocar a nova chapa de vidro e, por último, reposicionar e fixar a baguete sob pressão.

Como limpar as esquadrias de PVC?

A limpeza das esquadrias deve ser feita com água e sabão, detergente neutro e álcool hidratado. Nunca utilizar acetona, querosene ou gasolina, pois reduzem o brilho dos perfis.

Os perfis de PVC propagam fogo?

Não. O PVC rígido é autoextinguível. Não propaga chamas e, portanto, não gera nem contribui para incêndios.

Qual a segurança em relação a roubos e furtos?

A fabricação de esquadrias de PVC segue as normas de desempenho para as janelas de madeira, alumínio, aço ou PVC (NBR 10.821/00) que não faz referência a arrombamentos. Segurança é função do desempenho dos acessórios de travamento e fechamento das janelas. Os perfis de PVC são mais robustos e em janelas grandes possuem reforço de aço em seu interior.

Existe um compromisso de qualidade das janelas de PVC?

Sim, esse compromisso envolve toda a cadeia produtiva, através de um Programa de Garantia da Qualidade que inclui auditoria de todas as empresas participantes, realizada por uma empresa independente. A listagem das empresas comprometidas com esse programa encontra-se no site www.pbqp-h.gov.br/projetos/meta/janela.htm.

Existem normas de desempenho para as esquadrias de PVC?

Sim, existe a norma geral de desempenho de janela, a NBR 10.821/00, e as normas específicas Cediplac: peCP 8 – Perfil de PVC rígido para janelas, especificação: peCP 9 – Janelas de PVC rígido, especificação

Qual a importância das normas especificadas?

As normas específicas visam a garantia da qualidade do produto (perfis e janelas), controle do processo produtivo (perfis e janelas) e métodos de ensaio complementares (ABNT e Cediplac). Tais documentos conferem referência extra para o desempenho das esquadrias do PVC, como, por exemplo, a soldabilidade e a resistência do canto soldado.

Qual o nível de resistência dos perfis de PVC?

A NBR 10.821/00 especifica: resistência ao esforço torsor; resistência ao esforço vertical no plano da folha (deformação diagonal); resistência ao arrancamento das articulações; comportamento sob ações repetidas de abertura e fechamento; resistência ao esforço horizontal no plano da folha; resistência à flexão e resistência do sistema de travamento da folha. As janelas de PVC se adequam a todas essas exigências de norma.

As esquadrias de PVC ficam quebradiças com o frio?

Não. O composto de PVC utilizado é formulado para atender temperaturas de até -100° C. Se necessário, pode-se formular o composto de PVC para resistir a temperaturas inferiores. A norma Cediplac peCP 8 (resistência ao choque a 0° C) é plenamente atendida pelas esquadrias de PVC disponíveis no Brasil.

O PVC degrada em ambientes agressivos, como regiões litorâneas?

Não. O PVC rígido tem elevada resistência química à maresia e outros agentes agressivos, como a cal e o cimento.

Quais os demais atributos da esquadria de PVC?

TÉ autoextinguível – não propaga fogo; Elevada estanqueidade – os cantos são soldados com o próprio material no processo de fabricação; Facilidade de limpeza e manutenção – não requer vernizes ou repinturas; Isolamento termoacústico – além da estanqueidade das juntas, o PVC é intrinsecamente um isolante térmico e acústico; Inércia química – em obras de reformas, permite a utilização de marcos preexistentes em obras de reforma.

É possível fazer arcos com os perfis de PVC?

Sim. Os perfis de PVC podem tomar qualquer forma de projeto, transformando a esquadria em um elemento de design. Para projetos especiais de esquadrias, consulte diretamente os fabricantes.